Pesquisa Personalizada


Receba as atualizações de Astronomia Hoje por e-mail:

Ouça Temas da Bíblia Agora:

Estude a Palavra de Deus Agora!

Estude a Palavra de Deus Agora!
Cursos e Estudos Bíblicos Gratuítos

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Hubble produz imagem mais distante do universo

O telescópio espacial Hubble detectou um grupo de galáxias primitivas formadas há mais de 13 bilhões anos, pouco depois da explosão do Big Bang que formou o Universo, anunciou nesta quarta-feira a Nasa.

A agência espacial americana espera que esta descoberta ajude a conhecer melhor as origens do Universo, segundo indicaram em entrevista coletiva o astrofísico do Instituto Tecnológico da Califórnia, Richard Ellis, e o astrônomo da Universidade de Harvard, Abraham Loeb.

O descobrimento é fruto das observações realizadas durante seis semanas entre agosto e setembro deste ano. No total foram descobertas sete novas galáxias formadas apenas entre 350 e 600 milhões de anos depois do Big Bang.
"Pudemos remontar até 13,3 bilhões de anos, depois do Big Bang. Neste momento, o Universo não tinha mais que 3% de sua idade atual", explicou Ellis.
Trata-se das "pesquisas arqueológicas" mais antigas da qual dispõem os cientistas sobre as origens do Universo, disse Loeb, ressaltando que novas observações com telescópios mais potentes como o James Webb, que será lançado em cinco anos, permitirão aprofundar estes descobertas.
O objetivo é saber o que aconteceu logo depois do nascimento do Universo, que segundo calculam cientistas se formou há 13,7 bilhões de anos.
O Hubble, lançado em 1990, é um projeto de cooperação internacional entre a Nasa e a Agência Espacial Europeia (ESA). EFE [Fonte: Yahoo]

Nova imagem do Hubble revela uma população campanha inédita de sete galáxias distantes (Foto: Nasa)

As posições das sete galáxias no Campo Ultraprofundo do Hubble, um pedaço do céu com um décimo do diâmetro da Lua cheia


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada

Livro Gratuito em PDF - Baixe Agora!